A era das Organizações Exponenciais (ExOs): o que você deve saber?

organizações exponenciais
4 minutos para ler

O avanço da tecnologia tem proporcionado mudanças rápidas e constantes no mercado e uma delas são as Organizações Exponenciais. Essas empresas crescem 10 vezes mais rápido do que as tradicionais, mesmo mantendo uma estrutura muito menor.

Esse termo é a tradução do original ExOs, que significa Exponential Organization e surgiu pela primeira vez em 2014 para se dirigir às novas empresas que têm adotado métodos diferenciados, ganhando grande escala.

Neste artigo, falaremos sobre elas e quais são suas principais características. Acompanhe!

ExOs e organizações tradicionais: qual a diferença?

O que a Uber e a Netflix têm em comum? A Netflix revolucionou o mercado de filmes com os serviços de streaming. Já a Uber, inventou uma maneira prática de se locomover com conforto e baixo custo.

Essas duas empresas são um exemplo clássico de ExOs, porque alcançaram um crescimento gigantesco em menos de 10 anos de vida. No final de 2018, a Netflix já havia conquistado um faturamento 50% maior do que o SBT, que está no mercado de televisão há 37 anos.

Enquanto as ExOs estão se adaptando continuamente às mudanças do mercado, as organizações tradicionais funcionam com processos fixos para evitar riscos. Além disso, prezam tanto pela segurança que preferem evitar mudanças na cultura organizacional, mantendo a hierarquia tradicional de centralizar as decisões na alta diretoria. 

Como as Organizações Exponenciais promovem a inovação? 

Apesar de algumas pessoas ligarem a inovação à tecnologia, esse processo vai muito além porque envolve a capacidade de se adaptar diante das mudanças. Também é o principal diferencial das ExOs, pois elas não estão presas a paradigmas. 

As Organizações Exponenciais focam nas mudanças do comportamento do consumidor e se ajustam conforme a lógica do mercado. O investimento em tecnologia também permite um crescimento acelerado, porque aumenta a velocidade da operação sem crescer o número de colaboradores.

O Spotify, por exemplo, é uma ExOs que ouviu as necessidades do novo consumidor. Com o mercado fonográfico em crise, devido ao volume alto de pirataria, a empresa percebeu que as pessoas queriam ouvir música de qualidade pela internet por um baixo custo. Isso acendeu a lâmpada para oferecer um serviço de streaming de música. 

Hoje, o serviço tem mais de 83 milhões de assinantes pagos. Inclusive, contratar o Spotify é mais prático do que fazer downloads ilegais ou comprar CDs piratas. Talvez, a indústria fonográfica teria pensado nessa ideia antes, se não estivesse tão presa ao controle excessivo do seu modelo de negócios.

Quais as características das ExOs?

A principal característica encontrada em todas as ExOs é que elas têm como missão impactar o meio ao seu redor. Sendo assim, se inspiram em ideias para adotar novas alternativas de resolver os problemas.

Certo dia, um grupo de amigos decidiram alugar espaços do próprio apartamento que dividiam — que era um quarto nos fundos, a sala e um colchão — para receber hóspedes em uma conferência que acontecia na cidade. Nascia ali a Airbnb, avaliada hoje em mais de U$ 31 bilhões

O propósito da plataforma de hospedagens é criar um mundo em que as pessoas tenham a sensação de que pertencem a qualquer lugar, pois foi exatamente a necessidade que perceberam nos turistas. Mas, não para por aí. As ExOs demonstram outros aspectos por meio do uso de dois acrônimos.

Para as características internas, as ExOs utilizam o acrônimo IDEAS:

  • I: interfaces;
  • D: dashboards;
  • E: experimentação;
  • A: autonomia;
  • S: social technologies, ou tecnologias sociais.

Já para as características externas, o acrônimo é SCALE:

  • S: staff on demand, ou equipe sob demanda;
  • C: comunidade e multidão;
  • A: algoritmos;
  • L: leveraged assets, ou ativos alavancados;
  • E: engajamento.

Enquanto as empresas tradicionais se preocupam com o maior concorrente do setor, as Organizações Exponenciais estão com o olhar sobre as novas necessidades do mercado para tomar decisões rápidas. Isso as tornam flexíveis. Sendo assim, o primeiro passo para criar uma ExOs está em adotar um novo mindset para se adaptar e correr riscos.

O que achou dessa tendência para a gestão empresarial? Quer ler outros conteúdos como este? Então, assine a nossa newsletter e receba nossos artigos direto no seu e-mail!

Você também pode gostar

9 comentários em “A era das Organizações Exponenciais (ExOs): o que você deve saber?

  1. Can I simply say what a relief to find somebody that actually knows what they’re talking about online.
    You actually know how to bring a problem to light and make it important.
    More and more people ought to look at this and understand this side of the story.
    It’s surprising you aren’t more popular because you certainly have the
    gift. asmr 0mniartist

  2. Attractive portion of content. I just stumbled upon your website and in accession capital to claim that
    I acquire in fact loved account your weblog posts. Any way I will be subscribing in your augment and
    even I achievement you get entry to persistently quickly.
    asmr 0mniartist

Deixe um comentário